TEP l VERDADE OU CONSEQUÊNCIA

 

Teatro Nacional São João 

2018 - 6/16 de Dezembro

 

direção artística 

Gonçalo Amorim

dramaturgia, pesquisa e criação

Catarina Barros, Gonçalo Amorim, Marta Bernardes, Rui Pina Coelho

criação

André Perrota, Cárin Geada, Jonathan Saldanha, Jorge Quintela, Paulo Mota, Pedro Serrano, Tânia Dinis

assistência à criação

Patrícia Gonçalves

coprodução

Teatro Experimental do Porto, TNSJ

M/12 anos 

FEMALE

2012

Teatro Carlos Alberto - Porto

Sesc Rio Preto - Brasil

CAAA - Guimarães                                                                                      

Mosteiro São Bento da Vitória - Porto

Female, faz parte de uma pesquisa, um ciclo de vídeoperformance. Conferência/performance. Processos artísticos sobre a mulher, a nudez e a provocação. O confronto com o erro no processo da construção de um filme. 

 

"Concentro-me então na mulher nua com a câmara de filmar. Ela torna-se na acção. Ela é a provocação. As outras mulheres nuas, estão vulneráveis à provocação da primeira câmara. A mulher nua de câmara de filmar, ainda não se sujeitou à provocação da segunda câmara. Ignora-a. Isso faz dela a provocação. Neste caso, a provocação está no facto de ela não saber que, é ela a provocação. Está a ser espiada. É perverso..." Pedro Bastos 

Criação de Tânia Dinis

Texto do vídeo de Pedro Bastos 

Vídeo de Jorge Quintela 

Super8 de Tânia Dinis

No vídeo/super8 com a participação de Sara Pereira, Diana Sá, Sofia Margarida, Teresa Alpendurada e Tânia Dinis

Colaboração Artística de Marta Bernardes e Tales Frey.

40m 

2012

Apresentações:

2017: mArte - Baarcelos

2015: FACA - Festa de Antropologia Cinema e Arte

2014: CINEPORT – Festival de Cinema de Países de Língua Portuguesa – João Pessoa , Brasil

2014: CORPO HOSPEIRO – SESC Rio Preto – Brasil

2013: MAP/P – Mostra de Processos Artísticos, Mosteiro São Bento da Vitória, Porto

2003: Festival Corrente Alterna – Mostra de Criações Incógnitas no Teatro Carlos Alberto, Porto

2012: CAAA – Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura, Guimarães

2011:  NEC – Núcleo De Experimentação Coreográfica

MONO-LOGO

2014

VERDE RUBRO - Porto

Galeria Central, São Paulo, Brasil                                                      VERDE RUBRO - Porto

MONO-LOGO, a desconstrução das palavras de um monólogo em som, produzido pela máquina de escrever.

Uma composição sonora criada a partir do acto da escrita. O som do acto da escrita da máquina de escrever. Transformação do texto numa pauta sonora. Numa partitura.

Criação de Tânia Dinis

Registo de vídeo de Jorge Quintela

Captação de Som e Mistura de som de Pedro Marinho

Colaboração Artística de Jorge Quintela e Tales Frey

30'm

 

2013

 

Apresentações:

 

2013 - Verde Rubro Associação Cultural, Porto

2014 - mostraPerformatus ( Curadoria de Tales Frey e Paulo Aureliano da Mata ) Galeria Central, São Paulo, Brasil

2014 - BAAMM!!!! #3 - Sonoscopia Associação, Porto

 

 

 

 

 

 

 

2014

Trees Outside The Academy

Exposição Colectiva  Trees Outside The Academy, CAAA-Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura, Guimarães

E ME ACORDA ÀS 6 HORAS DA MANHÃ...

Conferência/performance

de Tânia Dinis

um texto de Pedro Bastos

apoio de Jorge Quintela

2014

 

2012

 

Calças de Fato de Treino

Frame do vídeo - Calças de Fato de Treino                                                                     SESC Rio Preto - Brasil

Laboratório das Artes - Guimarães 

"Com Calças de fato de treino, Tânia Dinis constata a própria instabilidade quando expõe sua constante recusa a uma definitiva aparência. Há nessa ação, não só a ilustração da mulher, mas a do próprio sujeito contemporâneo, o qual está submisso às suas próprias mudanças e contradições com relação a sua exterioridade ideal, ou ainda, sua representação mais apropriada perante a sociedade." Tales Frey 

 

 

Uma criação de Tânia Dinis

 

Apresentações:

 

2014: CORPO HOSPEIRO ( Curadoria de Tales Frey ) – SESC Rio Preto – Brasil

2012: Laboratório das Artes – Guimarães

2011

Lap -Dance

Maus-Hábitos Porto

Lap-Dance integrou o Projecto - Tômbola Show de Marta Bernardes no espaço Máus Hábitos no Porto, em 2011 e é a primeira experiência de um ciclo de video/performances sobre a mulher e a provocação.

O público é confrontado com Tânia Dinis vendendo rifas na rua e o prémio atribuído ao vencedor é um Lap – Dance.

Lap-Dance explora os códigos do gesto, e procura trabalhar sobre a provocação, a sedução e o erotismo impregnes e rotulados ao corpo feminino.

 

Ficha técnica e artística

Criação e Interpretação: Tânia Dinis

Operação Técnica: Jorge Quintela

Colaboração Artistica de Jorge Quintela e Tales Frey

Texto: Tânia Dinis e Pedro Bastos

2011

2009

 

Um Livro de Cabeceira ou Meu cérebro na página doze e da videoperformance Videopolaroid IV, com criação e direcção de Tales Frey e Paulo Aureliano da Mata (CIA.EXCESSOS/ Brasil). 

Eu sou um título. Clique duas vezes para editar

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now