Abril 2020.    ( Tendo em conta a impossibilidade de inaugurarmos publicamente a próxima exposição nas nossas galerias, decidimos faze-lo online. )

CAAA - Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura - Guimarães

Exposição Individual

Alegoria Fotográfica

Alegoria Fotográfica 
Exposição individual de Tânia Dinis
Junto com a exposição individual de Pedro Bastos - Ambulatório
CAAA – Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura
Guimarães
Apoio da DGArtes
Montagem de Igor Sampaio
Apoio: Jorge Quintela, Tales Frey, Paulo da Mata e Joaquim Dinis. ( A inauguração estava marcada para março, mas impossível por causa da situação actual, fica aqui um pequeno registo vídeo )

Alegoria Fotográfica, parte de um texto do escritor vimaranense Pedro Bastos, reúne um conjunto de obras, num trabalho de pesquisa e criação a partir do Álbum de fotografias de Família. A relação tempo-imagem-memória, a sua construção e organização de imagens, os seus espaços vazios. Estas imagens agora revisitadas, resultam em pequenos ensaios que se multiplicam, transformam, construindo pequenas narrativas, explorando a ideia de imagem como uma experiência da efemeridade do tempo e da memória.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 "Nas Entre Linhas". Nesta coprodução do Circuito - Serviço Educativo Braga Media Arts com a Casa da Música, os criadores Tânia Dinis, Ivo Romeu Bastos e Pedro Bastos mostram aos mais novos como é que o pequeno Zé viveu aquele momento histórico.
O espetáculo será reagendado, mas não queríamos deixar passar esta data sem lembrar a Revolução àqueles que não a viveram. Por isso, preparámos este teaser, para afiar a curiosidade e prometer que o 25 de Abril vai acontecer novamente este ano, só ainda não sabemos quando.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

24/25 de Abril   -   adiado

Circuito - Serviço Educativo Braga Media Arts

8 de Maio    adiado

Encontros Perphoto 2020 - Atelier de Lisboa

FRAGMENTOS DE MEMÓRIA - Festival Lobby - Mala Voadora 22/30 de maio - adiado

VIAJAR NO TEMPO DOS OUTROS - CASTRO LABOREIRO - ( criação e laboratório ) Festival Internacional de documentário de Melgaço - Agosto - Adiado

2020

Residencia artística

Solar - Galeria cinemática de Vila do Conde 

20/22 novembro- Cultura em Expansão Porto      

Memoratório 
Auditório grupo musical de Miragaia

 

Este memoratório*pertence a uma certa viagem, a uma partilha, é um encontro pelo usado e preservado Grupo Musical de Miragaia. Uma Associação nascida a 1 de Janeiro de 1926, ano da instauração da Censura em Portugal e da Revolução de Maio comandada pelo general Gomes da Costa. De onde vem a para onde vai este lugar de encontros bem defronte ao rio Douro. 

Para alguns uma revisita, para tantos outros uma visita aos arquivos colectivos e pessoais daqueles que fizeram estas estórias. Uma viagem por uma memória, uma cultura, um património, um certo jeito de estar refletido no ato íntimo da partilha por parte daqueles que vão desenhando este mapa sensível ao longo de um quase centenário.  

*Item antigo, usado e preservado, que defina uma época, um momento da história, da cultura, de um comportamento datado e precioso, seja ou não colecionável.

Um espetáculo · Tânia Dinis & Confederação 

Pesquisa·Miguel Ramos, Rosário Melo e Tânia Dinis 

Interpretação·Tânia Dinis… e alguns miragaiatos.

Captação Vídeo e Áudio· Tânia Dinis

Assistência Vídeo· Ricardo Soares

Masterização áudio e ambientes sonoros· Filipe Fernandes

Fotografia Documental· Rosário Melo

Desenho de luz·Miguel Ângelo Carneiro

Design·Maria João Macedo

Direção de Comunicação·Ana Coelho

Coordenação de Produção·Rosário Melo

Coprodução · Cultura em Expansão 2020

Produção · Confederação – colectivo de investigação teatral 

Apoio·Grupo Musical de Miragaia

Álbuns de Guerra” ( adiado )

Casa Da Memória Guimarães "Álbuns de Guerra” de Tânia Dinis em  criação com Catarina Laranjeiro

Vencedora 2ª Bolsa de Criação, promovido pelo PACT com as criações “Álbuns da Terra” e “Álbuns de Guerra”, da artista Tânia Dinis.

Criação artística sobre e com as mulheres de Guimarães, que ao longo dos 24 meses de serviço militar dos então namorados, noivos ou maridos, materializaram a sua relação amorosa trocando fotografias 

Eu sou um título. Clique duas vezes para editar

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now